domingo, 29 de agosto de 2010

A tríade lupina como tudo começou....

D.
Existem três homens que certo tempo atrás descobriram suas identidades lupinas....
O primeiro o lobo negro, feroz, controlador e assustadoramente sombrio, surgiu em meio as sombras e com um uivo de estremecer a base dos que o rodeavam, solicitando a presença de seus desconhecidos irmãos.
A sua volta as sombras o rodeava, ele se banhava sedento de fome e se retraía assim como a escuridão que poderosa nele habitava.
Prontamente a lua com sua força tratou de ecoar o uivo do lupino negro de olhos amarelos em meio as matas densas e fechadas, até as terras geladas e castigadas pelo poder alpino....
Jonny
O segundo logo, o lobo branco de olhos azuis ouviu o chamado sentindo seu coração ferver mais e mais naquelas gélidas terras onde apenas os mais fortes sobreviviam e sua coragem e luz eram tidas como força suprema em meio aquele local.
A sua volta a aura dos corações reconstruídos de sua luz, e aquecidos de sua fúria em meio a neve onde nas águas mais geladas seu pêlo banhava...
Suas presas alvas então entoaram um poderoso uivo onde as mais duras geleira racharam com seu poder e a lua com sua poderosa forma levou o recado até que a trindade estivesse completa.
(J)
Em meio à uma floresta densa e aparentemente calma, o mais explosivo dos lupinos habitava.
Sua cor marrom como uma mescla da escuridão e da luz onde parecia ser o ponderador daquelas forças tão extremas e seus olhos esverdeados indicava a presença de liderança em seu ser....
Os animais os respeitavam como Reis daquele denso lugar onde um inimigo comum teriam de enfrentar com seus poderes lupinos e suas forças além do que já se conhecia em vida... 


Logo trataram de se encontrar, finalmente o "pacto dos lobos" estava completo...



"Uma homenagem a os membros do pacto, que sempre continuará...."

Nenhum comentário:

Postar um comentário