sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Subindo a montanha...

"As pegadas deixadas nas areias do tempo não são deixadas por pessoas sentadas" A.C. Lee


Os obstáculos que temos na vida mostram a nossa verdadeira capacidade de superar as coisas.
Sem eles as nossas conquistas seriam zero e sem valor. Tudo o que é dado de graça logo seu valor perde.
Como um rio que quando chega em frente a uma montanha ele não bate de frente, ele encontra meios de passar por ela e é assim na nossa vida, a insegurança impede nossas próprias ações e o medo de seguir e arriscar nos põe na famosa zona de conforto. É muito mais fácil ir atrás daquilo que já se teve por tanto tempo que lutar por algo novo ali presente em nossa vida. O desejo quando é acompanhado de muito esforço e garra, aliados ao amor e a espitualidade, torna a máxima popularmente famosa verdadeira: "Querer é poder!"
Quando buscamos algo com o coração temos que buscar verdadeiramente, superando os obstáculos diariamente. Um exemplo que me tem passado ultimamente é saber amar uma pessoa incrível, ela merecendo ou não, isso não é uma decisão fácil, tem que se ter muito pulso para isso e cuidar muito de si para não amar o outro mais que a si mesmo. 
O amor é um absoluto é você mesmo e que você agrega seu sentimento a um outro que também já existe. Uma das coisas mais importantes na vida não é saber onde estamos e sim para onde estamos indo. Por mais que minha coragem se rebele nos momentos difíceis, sei que posso e quero fazê-la feliz e amar tal mulher de tal forma é uma dádiva que tenho agradecido todos os dias e mesmo que seja tê-la comigo mesmo de longe.
O principio maior não é só demonstrar o amor e sim demonstrar com o coração, pois é plantando que se colhe.
Se você planta sementes boas, colherá bons frutos
Se planta sementes más, não nasceram nem frutos sequer.

O livro "Ninguém Tropeça em Montanhas" é ótimo e recomendo sua leitura, tem mínimos trechos do livro e do aprendizado que tenho tido com ele neste post. Espero que gostem.

5 comentários:

  1. Lembre-se: a singularidade por si só não basta, é preciso expor o valor da singularidade - vc me entende?!
    Abração! Te adoro mano!!!!!!!!!!ascha

    ResponderExcluir
  2. Achei interessante a sua reflexão e, pelo visto, este livro citado deve ser muito interessante mesmo. Gosto principalmente quando fala sobre plantar sementes pois isso é fundamental para a vida da gente, em qualquer relação. Isso nos ensina a ter paciência e aprender grandes lições sobre o tempo.

    ResponderExcluir
  3. Gostei de seu blog.
    Meio instropecto me arrisco em dizer.

    se quiser visitar o meu fique a vontade.

    http://grudeichicletes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. gostei do blog :D
    parabéns .
    vi na comu do orkut .
    passa lá depois : www.bellanoblogg.blogspot.com ;D

    ResponderExcluir
  5. Opa, vou atrás desse livro aí! Seu post me deu vontade de refletir sobre o assunto em questão!

    Valeu por ter passado lá no Beer 4 All! to te seguindo já, como "O Metaleiro"! Valeu!

    ResponderExcluir