quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Tudo começa com uma escolha...


E tudo sempre começa com as escolhas que fazemos.
Quando se toma a atitude de seguir um caminho, deixamos de seguir outros.
E como todo caminho inicial, nada como alguns desafios pela frente.
A busca pela paz de espirito é sempre o que rege minhas escolhas, mas nem sempre as faço corretamente
Nem sempre é possível acertar.... entre sofrer e fazer alguem sofrer
As vezes somos egoístas por cuidar mais de nós mesmo e as vezes somos apenas nós mesmos...
É muito fácil controlar, basta aquela pitada de aventura com um pouco de sadismo...
Estou voltando a minha segunda casa e estou voltando a fazer parte de seu "escudo humano".
E eu sinto falta... talvez como um normal ser humano não me conforme mais uma vez, mas temos que nos permitir afinal de contas...
E eu fui, disse sim a vida e segui.
Mesmo que seja a mais sapiente decisão que já tomei ou não, só o tempo dirá os frutos que colherei.
Abandonei muita coisa, inclusive aquilo que sabia que não poderia ter em mãos.
"José Cuervo e Pizza de Atum" ficaram de lado e doeu... ainda doí... mas eu fui.
Talvez fosse diferente ou talvez será quem sabe? rsrs
Apenas Deus vai me dizer as consequencias de meus atos.
Mas enquanto Ele estiver em meu coração eu sei que nada temerei.
Enquanto puder pintar sorrisos em paredes com textura, a vida vai me mostrar que a felicidade ainda é so uma questão de ser.
E enquanto puder sentir o gosto de um delicioso temaki vou poder sorrir...
E assim meus dias não serão perdidos.

"Um dia sem sorrir é um dia perdido" - Charles Chaplim

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Sejamos Hipócritas rsrsrsrs


Sejamos Hipócritas!
Um brinde a todos aqueles que se escondem atrás de suas mascaras.
A todos aqueles que roubam verbas da nação e ainda aparecem na telinha sorrindo.
Um brinde a todos os falsos amigos e falsos amores por que tudo foi apenas isso, falso.
A todos os falsos abraços.
Falsos beijos.
Falsos "eu te amo".
E falsa cumplicidade.
E que sejamos entorpecidos de mentiras e promessas não cumpridas.
Por que afinal somos apenas os que "fazem o que é certo".
Que nos deixem bater na cara, por que temos que dar a outra face.
E mais um brinde, ao sarcasmo que me toma hoje em meio a essa imensidão chamada vida.