segunda-feira, 24 de agosto de 2015

"Poesia dos Dias Úteis"



Enleia-se por gosto a liberdade;
E depois que a paixão n'alma se apura,
Alguns então lhe chamam desventura,
Chamam-lhe alguns então felicidade.
BocageClássicos Sá da CostaDas estantes de Vasco Costa MarquesOutros livros outros poetas


Os meus dias tem sido cor
ridos, agitados e cansados.
As vezes regados a cerveja e camarão, as vezes apenas na lama.
Com o corpo dela que me aquece, e com direito a café na cama.
Com o riso besta que me define, e ainda sim meu abraço a consome.
Os dias corridos, são agitados e cansados.
E por incrível que seja, temos tempo um pro outro.
Temos tempo para nós mesmos, para aquela Santa Dose com meu irmão.
E assim mesmo, corridos dias, agitados e cansados, porém feliz.
Aqui fico com uma musica do "3 portas caídas" rsrs